terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Eli Correia, Joseval Peixoto e Cultura FM são alguns dos ganhadores do APCA Rádio de 2017

O comunicador Eli Correia, da Rádio Capital AM de São Paulo, vencedor do troféu de melhor apresentador de Rádio de 2017, segundo a APCA (Foto: Divulgação)
Reunidos na noite desta segunda feira, em São Paulo, os críticos associados da APCA escolheram os melhores do ano nas artes e nas comunicações em 12 categorias.  

O homenageado deste ano será o veterano Joseval Peixoto, comentarista e âncora do "Jornal da Manhã", da Rádio Jovem Pan, com mais de 60 anos de carreira. Nas décadas de 1960 e 1970, Joseval foi um dos pioneiros na criação de uma nova linguagem na transmissão esportiva no Rádio. Nos anos seguintes dedicou-se ao jornalismo diário. Com seus comentários sensatos, precisos, abalizados e equilibrados sobre os principais assuntos da vida nacional este veterano profissional tornou-se uma referência obrigatória na imprensa brasileira.

Desde de 2016, o decano jornalista pode ser visto (e ouvido) em ação no noticiário matutino da Jovem Pan, juntamente com seus colegas de jornada, com imagens pela internet. Desta forma, o internauta pode apreciar todo seu infinito talento de orador no seu "Destaque Final", ponto alto do jornalístico, que encerra o "Jornal da Manhã".




Oiiiii, Gente!! - O destaque na categoria Rádio vai para o comunicador Eli Correia, da Rádio Capital AM de São Paulo - um dos mais populares e de maior audiência do rádio brasileiro - e seu quadro "Que Saudade de Você", diariamente no ar há quase quarenta anos, em que o radialista lê e interpreta casos de vida relatados por seus ouvintes por meio de cartas.

Este quadro, que faz parte da edição vespertina do programa que leva o seu nome, foi produzido durante mais de duas décadas pelo produtor e amigo José Roberto Gama (falecido em 2015), como o próprio Eli faz questão de lembrar. Gama era responsável não só por este quadro como também pelo programa inteiro. Mesmo com seu desaparecimento, a equipe atual de produção soube manter a qualidade e audiência do programa, como enfatiza o "Homem Sorriso do Rádio", apelido pelo qual é Eli Correia também é conhecido, desde que criou o bordão "Oiiiiii, Gente!", ainda na década de 1970, ao cumprimentar seus milhares de ouvintes.

Esta será a primeira vez que tanto Eli Correia como Joseval Peixoto receberão o Troféu APCA de Rádio.

O Grande Prêmio da Crítica irá para a Rádio Cultura FM de São Paulo, que em 2017 comemorou 40 anos de atividades. Em julho deste ano, a emissora comemorou a data com uma grande apresentação na Sala São Paulo, que foi transmitida ao vivo com talento e competência tanto pela própria Cultura FM, como pela TV Cultura e por suas redes sociais (veja no vídeo abaixo). Comandado pelo apresentador Fábio Malavoglia, o programa relembrou o nascimento da emissora, bem como os principais momentos de suas histórias, além dos profissionais que por lá passaram. Apesar de abranger vários tipos de estilos populares, a Cultura FM é a principal referência de programação radiofônica dedicada à música erudita no Brasil.




Veja abaixo a lista completa dos ganhadores do APCA 2017 na categoria Rádio

Prêmio Especial do Júri:
"Música do Bem - A Nova Brasil tirou o sangue das músicas" - Campanha de doação de sangue da Rede Nova Brasil FM;

Produtor (programa musical):
Oswaldo Luiz "Colibri" Vitta - "Hora do Rango", Rádio Brasil Atual;

Produtor (entretenimento):
Antonio Viviani e Nicola Lauletta - "Voz Off" (http://www.radiofobia.com.br/podcast/) ;

Produtor (jornalismo):
Heloísa Granito - "Via Sampa", USP FM;

Melhor apresentador:
Eli Correia - "Que Saudade de Você" (Programa Eli Correia - Rádio Capital)

Grande Prêmio da Crítica: "Especial Cultura FM 40 anos" - transmissão ao vivo pelo rádio, tv aberta e redes sociais.

Homenagem Especial: Joseval Peixoto - Jovem Pan

Durante a votação desta segunda feira, o júri de Rádio decidiu que os indicados que não foram premiados este ano poderão concorrer em 2018 nas mesmas categorias ou em outras, de acordo com o entendimento dos jurados. A cerimônia de entrega dos prêmios acontecerá no primeiro semestre de 2018, em São Paulo.

sábado, 11 de novembro de 2017

SBT contrata locutora da Jovem Pan para fazer chamadas de produtos infantis


O SBT decidiu retomar nesta quarta-feira (8) um projeto que estava engavetado desde os anos 80: ter um locutor homem e uma locutora mulher para as chamadas institucionais do canal. Segundo apurou o Observatório da Televisão, que confirmou as informações com a assessoria de imprensa do SBT, a emissora agora tem Fabi Ribeiro, locutora da Rádio Jovem Pan FM, como uma de suas vozes institucionais.

Fabi ficará responsável por narrar chamadas de produtos infantis, sejam eles filmes, desenhos, séries ou mesmo novelas da casa, como Carinha de Anjo, Chiquititas e a próxima As Aventuras de Poliana. A reportagem verificou que a ideia veio da direção da casa, não exatamente de Silvio Santos – recentemente, o dono do SBT tem dado grandes pitacos na casa, como o programa Fofocalizando, e as contratações de Marcão do Povo e Dudu Camargo.

Fabiana Ribeiro – ou Fabi Ribeiro, como assina – trabalha na Rádio Jovem Pan, onde normalmente faz locuções musicais. Ela, diariamente, entra no ar para toda a rede da rádio tocando músicas jovens. A escolha por Fabi foi simples: ela foi a primeira a ser chamada, e no teste, agradou bastante. Agora, ela é contratada direta da casa, fazendo estes insertes para o público infantil.

Ela já é velha conhecida do canal de Silvio Santos, onde já fez algumas participações como humorista – que ela também é – imitando Sabrina Sato no quadro Falta Horas, de A Praça é Nossa. Fabi também faz apresentações de stand-up comedy.

Os primeiros trabalhos já estão sendo exibidos pelo canal ao longo da programação e atiçaram os fãs do SBT nas redes sociais. O SBT já teve um esquema parecido de locução nos anos 80. Em 1984, segundo o canal, a emissora foi a primeira a ter um homem e uma mulher fazendo chamadas na TV brasileira, exatamente como será seguido agora.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Divulgada a lista de indicados ao prêmio APCA 2017 de Rádio


O júri de Rádio da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), entidade com 61 anos de história, definiu nesta sexta feira os programas e os radialistas que serão indicados para receber o prêmio da categoria, cuja escolha acontecerá em assembleia da associação no dia 11 de dezembro, em São Paulo. Nesta relação estão sendo indicados cerca de 40 artistas e profissionais de comunicação, que concorrerão aos troféus de acordo com sua função, sejam tanto em emissoras de rádio AM e FM, como em produções radiofônicas exclusivamente veiculadas pela internet. Desta vez, serão indicados radialistas em cinco das sete categorias. Os que serão premiados com a "Homenagem Especial" e o "Grande Prêmio da Crítica" serão escolhidos no dia da votação.

Esta é a segunda vez que os membros do júri de Rádio adotam esta lista, que continua no intuito de valorizar ainda mais o trabalho do profissional do meio. A exemplo do ano passado, eles optaram por não ter uma categoria específica para premiar trabalhos na internet, que neste ano tem cinco indicados. Também não haverá o prêmio para conteúdo esportivo, uma vez que o trabalho dos jornalistas deste setor é tão importante quanto o dos demais profissionais de imprensa de outras áreas, na avaliação dos jurados. A entrega dos troféus aos premiados pela APCA nas doze categorias - Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Moda, Música Popular, Música Erudita, Teatro Adulto, Teatro Infantil e Televisão, além de Rádio - deverá acontecer no primeiro semestre de 2018, também na capital paulista.

INDICADOS AO PRÊMIO APCA 2017 NA CATEGORIA RÁDIO

Prêmio Especial do Júri:
Transmissão do "Festival João Rock", ao vivo pelo rádio e pelas redes sociais - 89 FM 
"Quarto Fórum Mitos e Fatos - A Jovem Pan discute a Justiça Brasileira" - Rede Jovem Pan
"Quem Torce com Inteligência Não Tabela Com a Violência", campanha contra a violência nos estádios de futebol - Transamérica Pop
"Música do Bem - Transplante feito de música" - Campanha de doação de órgãos da Jovem Pan FM de Curitiba-PR
"A Nova Brasil tirou o sangue das músicas" - Campanha de doação de sangue da Rede Nova Brasil FM
"Mulheres Caladas", série de comerciais de 30 segundos criada pela agência de publicidade Scala RS para a organização não governamental Themis

Produtor (musical):
Amorim Filho e Expedito Duarte - "Forró Nativa", Nativa FM
Clemente Nascimento - "Filhos da Pátria", Kiss FM
Gilberto Fernandes - "Arquivo Musical", Rádio Bandeirantes
Maurício Valladares - "Ronca Ronca", Rádio Globo
Oswaldo Luiz "Colibri" Vitta - "Hora do Rango", Rádio Brasil Atual
Paulinho Rosa - "Vira e Mexe", USP FM
Rodrigo Barros e Samuel Lago - "Radio Caos Podcast" (www.radiocaos.com.br)
Samuel Canale - "Rock Sem Fronteiras", Kiss FM

Produtor (entretenimento):
Antonio Viviani e Nicola Lauletta - "Voz Off" (www.radiofobia.com.br)
Cido Tavares e Cláudia Lieri - "Interação!", USP FM
Gui Tsubota - "Geek Rock", 89FM
João Carlos Santana - por "Música e Dinheiro" (www.letraselucros.com.br)
Marcelo Duarte - "É Brasil Que Não Acaba Mais", Band News FM

Produtor (jornalismo):
João Barretto* - "De Primeira", Rádio Bandeirantes
Joyce Murasaki* - "CBN Brasil", CBN
Carlos Sílvio - "Paiaiá na Conectados", (www.radioconectados.com.br)
Heloísa Granito - "Via Sampa", USP FM
Letícia Kuratomi - "Jornal Band News, com Ricardo Boechat - 7h30", Band News FM
Lucas Ito - "Jornada Esportiva"*, Transamérica FM
Maurício Bastos - "Futebol à Manivela", Rádio Globo
Silvania Alves - "Jornal Gente" e "O Pulo do Gato", Rádio Bandeirantes

Melhor apresentador:
Dudu Braga - "As Canções Que Você Fez Pra Mim", Nativa FM
Eli Correia - "Que Saudade de Você" (Programa Eli Correia - Rádio Capital)
Júlio Medaglia - "Fim de Tarde", Cultura FM
Luciano Faccioli - "Programa Luciano Faccioli", (www.estacaoi.com.br)
Kaká Siqueira - "Tarde Tropical", Tropical FM
Roberto Canázio - "Revista Rádio Globo", Rádio Globo
Tatiana Vasconcellos - "Estúdio CBN", CBN

Homenagem Especial: ganhador será conhecido no dia da votação

Grande Prêmio da Crítica: também será escolhido pelo júri no dia da eleição

(*) O júri de Rádio da APCA esclarece: “Os nomes não são citados nos sites. Foi assim no caso do João Barretto e o mesmo acontece com a CBN. O que fizemos para acrescentar o nome da produtora do CBN Brasil foi ouvir a ficha técnica no final do programa. Coincidiu de fazermos isso em um período em que a Annie Zannetti - que constava na lista divulgada anteriormente - estava substituindo a titular. Vamos rever esta categoria para o ano que vem. Provavelmente colocaremos os nomes dos programas e quem for o produtor irá receber.”


quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Rádio Base, n°404: ouça os novos trabalhos de Morrisey, Moxine, Magnólia e Elektra


O quase "sessentão" Steven Patrick Morrissey, ex-líder da banda "oitentista" Smiths, lançou um novo single pelas plataformas digitais. Aqui na Rádio Base você ouve "Spent The Day in Bed".

Ouça também as bandas nacionais Moxine, Magnólia e Elektra, que estão começando a fazer sucesso nas redes sociais com seus novos hits.

E relembre canções de Fresno, Fellini, Siouxsie and The Banshees, os sons dançantes de Fernanda Abreu e Gabriel, o Pensador, e muito mais.

Boa Audição
Equipe Rádio Base



Playlist, nº404
Andrei Swipe - Ten Days Only
Gino Soccio - Try it Out
Siouxsie and The Banshees - Cities in Dust
Plebe Rude - Dias de Luta
Fernando Santos Aiaia - Moçambique
Moxine (part. Marieta) - Marlon
Morrisey - Spent The Day in Bed
Marcelo D2 - Qual é?
Def Leppard - Photograph (Trilha sonora do Filme "Viva Hysteria - 2013)
Camila Cabello - Havana
Fernanda Abreu - Kátia Flávia
Gabriel O Pensador - 2345678
Canábicos - Planeta Estranho
Magnólia - Entropia (Participação de Elektra)
Elektra - Noite 
Fellini - Teu Inglês
Fresno - Cada Poça Dessa Rua Tem Um Pouco de Minhas Lágrimas


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Estação Rock Base, nº02 - Heavy Metal: quando tudo começou


Nesta edição você vai conhecer a história e ouvir algumas bandas dos primórdios do Heavy Metal, além das que mais se destacaram nos anos 1970 e 1980.



Parte 1
Led Zeppelin – Rock and Roll
Led Zeppelin – Imigrant Song (Led Zeppelin IV) 1971
Black Sabbath – Paranoid (Paranoid) 1970
Deep Purple – Space Truckin’ (Machine Head) 1971
Judas Priest – Rocka Rolla (Rocka Rolla) 1974
Blue Oyster Cult – Godzilla (Spectres) 1977



Parte 2
Angel Witch – Extermination Day
Blitzkrieg – Blitzkrieg
Def Leppard – Getcha Rocks Off
Dragster – Ambitions
Girlschool – Demolition Boys

Gravado no estúdio Mania de Cantar Produções Artísticas
Whatsapp – 11999919250

Mixado e editado no Studio Gumma
http://www.fb.com/studiogumma
Whatsapp – 11945237245


Estação Rock Base, nº01, com Invasores de Cérebros, Cólera, Killing Joke, Ramones e muito mais


No programa de estreia você vai ouvir alguma das principais bandas do movimento punk nacional e da gringa nos anos 1970 e 1980: Cólera, Invasores de Cérebros, Ramones, Social Distorcion e muito mais. E começando esse novo programa nada melhor do que um clássico do Killing Joke: “Love Like Blood”





Assista a este documentário com Ariel Invasor sobre o início do movimento punk no Brasil


Gravado no estúdio Mania de Cantar - 11 999919250

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Aprenda de uma vez: "Seguir" não significa "Continuar"


Um dos principais requisitos para se trabalhar em Rádio, televisão ou qualquer outro meio de comunicação é o pleno domínio do idioma pátrio. Independentemente da função que vá se exercer, esse predicado é primordial. Quando um profissional recém-formado sai do curso de comunicação, supõe-se que ele tenha aprendido, a por exemplo, empregar bem as palavras que usará em sua futura atividade, sobretudo os verbos.

Lamentavelmente, não é o que parece estar acontecendo no que se refere aos "novatos" egressos dos cursos de jornalismo e, principalmente, de "rádio e tv". Quando este que vos escreve frequentava os bancos escolares muitos anos atrás, o corpo docente fazia questão de nos ensinar a preocupação com o bom uso de nossa língua. Modestamente aprendemos esta lição. Hoje isto parece não mais acontecer.

Se o prezado leitor teve paciência de ler esta longa introdução, muito obrigado e parabéns. Percebe-se que você, seja profissional de comunicação ou não, reconhece a importância do que aqui escrevo. Caso contrário, só tenho a lamentar.

Um exemplo desta distorção acontece com a utilização de dois verbos fundamentais que, apesar de terem alguma semelhança, não são de forma alguma sinônimos, como desgraçadamente estamos atualmente ouvindo em muitas emissoras de Rádio e televisão também.

Vejamos o que dizem os dicionários eletrônicos da internet:

Continuar
verbo
1.
transitivo direto e transitivo indireto
não interromper (o que se começou).
"c. uma viagem"
2.
transitivo direto, transitivo indireto e intransitivo
dar ou ter seguimento após interrupção.
"após o almoço, continuamos o trabalho"
3.
intransitivo
seguir existindo; perdurar.
"as dores continuaram, apesar da medicação"
4.
transitivo indireto
insistir, perseverar, persistir.
"continua no propósito de apurar a verdade"
5.
transitivo direto e intransitivo
estender(-se), prolongar(-se).
"c. um muro até a linha divisória"
6.
predicativo
manter-se no mesmo lugar, nas mesmas condições etc.; permanecer.
"o contrato continua vigente"


Seguir
verbo
1.
transitivo direto
ir atrás ou na companhia de.
"devemos s. o guia"
2.
transitivo direto
andar no mesmo ritmo de.
"conseguiu s. o passo da neta"

Agora proponho o seguinte exercício ao amigo leitor: substitua o verbo "continuar" dos exemplos acima por "seguir" e veja, ou melhor, o resultado gramatical e - principalmente - sonoro que se obtém.  Não ficou muito bom, não é mesmo? 

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Não ouça as rádios da Band pelo aplicativo. Ouça pelo computador


O aplicativo da band rádios é muito bonito, tem várias funções legais, não dá pau, dá até para instalar nos famigerados "minitablets" de 7 polegadas com 3G, sobretudo da Samsung sem crise. O problema é que são tantas emissoras no programinha que até você achar a que você deseja, perde-se um tempo enorme e aí, sim, às vezes, dá pau.

Não está na hora do Grupo Band criar aplicativos separados pelo menos para as estações da rede Band News FM, que é a mais numerosa, hein?

#ficaadica

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Novo livro retrata trajetória da seleção brasileira por meio do Rádio


Está chegando às livrarias e às lojas virtuais mais uma obra que pretende estudar a fundo o rádio como uma das principais mídias veiculadoras do jornalismo esportivo, baseado na "monocultura" do futebol. Trata-se de "A Bola e o Grito da Emoção", de Hugo Pereira e Hélio Lima, lançado pela Editora Biografia, de São Paulo.

domingo, 17 de setembro de 2017

Nova Rádio Globo se esquece de cobrir (e promover) o Rock in Rio


Em uma de suas edições mais desinteressantes nos seus mais de 30 anos de história, o Rock in Rio teve início na noite desta sexta feira, na capital fluminense. E como não poderia deixar de ser nesses "tempos estranhos", tem a promoção total do Grupo Globo, tendo a Rede Globo e o canal Multishow à frente e os demais veículos do conglomerado na retaguarda. Entretanto parece que esqueceram de avisar ao Sistema Globo de Rádio que eles também fazem parte do conglomerado de mídia. 

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Balanço do programa "Jazzmasters" chega a Recife neste sábado


No ar desde 2004, o "Jazzmasters" é pioneiro no rádio dos programas musicais voltados ao "acid jazz" - uma vertente da música negra "dançante", predominantemente americana, herdeira legítima da Soul e da Dance Music dos anos 1960, 1970 e 1980. 

quinta-feira, 14 de setembro de 2017