Kid Vinil volta ao rádio e estreia programa na 89 FM

O músico e jornalista Kid Vinil, que vai voltar a apresentar o seu programa na 89 FM, a partir do dia 23 de julho (Foto: Divulgação)

O segundo semestre deste conturbado ano de 2015 começa com uma excelente notícia: depois de quase uma década longe se apresentando apenas na webradio Brasil 2000, Kid Vinil volta ao rádio convencional e estreia novo programa na 89 FM. Para ouvir, acesse - www.radiorock.com.br


Clique na figura abaixo e ouça no seu dispositivo android:

O anúncio foi feito pelo próprio radialista, na noite desta quinta feira por meio de uma de suas contas no Facebook.

O programa irá ao ar todas as quintas feiras, a partir da meia-noite e será transmitido pelo site da emissora também. A estreia está prevista para o dia 23 de julho. O apresentador afirma que continuará fazendo seu podcast no site da brasil2000.com.br 

O músico e jornalista Kid Vinil, que vai voltar a apresentar o seu programa na 89 FM, a partir do dia 23 de julho (Divulgação)

Quem é o Kid Vinil? - Kid Vinil é o nome artístico de Antônio Carlos Senefonte, que ficou famoso no rock brasileiro dos anos 80. É cantor, radialista, compositor e jornalista. Foi vocalista do Verminose, Magazine, Kid Vinil e os Heróis do Brasil e hoje em dia do seu Kid Vinil Xperience.

O seu primeiro programa de rádio estreou em 1979 na Rádio Excelsior FM às segundas feiras das 10 às 11 horas da noite e foi batizado de "Programa Kid Vinil". Este programa durou um ano e meio. Em 1981 passou a apresentar com Leopoldo Rey os programas "Rock Sanduíche" na Excelsior FM (que ia ao ar aos sábados da meia noite ás duas da manhã) e o "Rock Show" na Excelsior AM, com Leopoldo Rey e André Barbosa (ex vocalista do Light Reflections) e que era apresentado aos domingos às 7 horas da noite.



Em 1984 foi para a rádio Antena 1 e onde apresentou o programa "New Beat" aos domingos à tarde, a partir das 14hs. Este influente programa durou um ano. Em 1987 estrou na recém inaugurada 89 FM como DJ das 22 às 2 horas da manhã e depois de 2 anos estreou o programa "Splish Splash" que durou mais 2 anos.

Em 1987 Kid foi contratado pela TV Cultura para apresentar o programa "Boca Livre" ao lado da cantora Dadá Cirino. O programa esteve no ar por dois anos, sendo que Dadá saiu no primeiro ano e Kid ficou sozinho apresentando-o até o seu final em 1989.

Em seguida assumiu a apresentação do programa "Som Pop", na mesma TV Cultura, por mais tres anos.

Depois do "Splish Splash" na 89 FM, Kid foi fazer um horário noturno na 97 FM chamado de "Patrulha Noturna", que era transmitido diariamente das 22 às 2 da manhã, entre 1992 e 1994. Em 1995 apresentou na rádio Brasil 2000 FM o programa "Studio Tan" aos sábados e o "Digital Sessions" às segundas feiras. Os dois programas marcaram presença entre 1995 e 1996. Continuou como locutor no horário noturno da Brasil 2000 de 1996 a 1998.

Em 1999 tornou-se diretor artístico da gravadora Eldorado onde, entre muitas outras coisas, lançou toda coleção de Frank Zappa no Brasil e produziu o disco de Helena Meirelles, "Flor Pantaneira" e um de Nuno Mindellis. 

Em 2001 foi para a gravadora Trama no departamento internacional e foi o responsável por lançar no Brasil discos dos selos Matador, Ryko, Jeepster, Domino, Sub Pop e Rough Trade. Pela primeira vez no Brasil eram lançados discos de Belle & Sebastian, Guided By Voices, Meat Puppets, Yo La Tengo, Cat Power, Pizzicato Five.

Também produziu, pela Trama, o CD "Jogos de Armar" de Tom Zé e um outro CD de Nuno Mindellis. No mesmo ano de 2001 passou a apresentar o programa "Lado B" da MTV por dois anos. Em 2004 assumiu a direção artistica da Brasil 2000 até 2005, além de apresentar os programas "Dicas do Vinil", "Happy Hour" e "Última Hora".

Saiba mais em - www.kidvinil.com.br

Comentários